Rumo ao Nordeste

4 de junho – 26 de julho

Após a longa viagem desde o Piauí, finalmente chegamos ao oceano em Sergipe. Daqui, seguiríamos a costa toda até Belém, mas claro que com alguns desvios.

Ficando sempre próximo ao mar, estávamos determinados a aproveitar o máximo possível.

Entre outras coisas, isso significou procurar peixes-boi em Alagoas, passear de escuna em Tibau do Sul e mergulhar entre os lindos corais de Maracajaú.

Ao chegar a Natal, obviamente não resistimos ao passeio de buggy nas dunas de Genipabu, com direito a muita emoção e a adrenalina a mil.

Em diversas ocasiões deixamos a costa e exploramos o interior. Conhecemos maravilhas como o Lajedo do Pai Mateus, na Paraíba, e as esculturas em rocha de Sete Cidades, no Piauí.

Quanto às praias, mais uma vez esta região é abençoada. Desde os famosos balneários de Porto de Galinhas e Canoa Quebrada até o paraíso perdido que é Jericoacoara.

Terminamos este trecho em um dos lugares mais espetaculares do país, os Lençóis Maranhenses. Este deserto costeiro, com suas divinas lagoas azul-turquesa, é algo que você só encontrará aqui no Brasil.

Apenas um pouco mais ao norte, Belém e a porta de entrada para a Amazônia nos esperava. O maior desafio até agora!

<<<< Etapa 4 – Entre Praia e Sertão               Etapa 6 – Amazônia >>>>

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>