14 de Outubro – Chapada dos Veadeiros

Nossa primeira parada foi em Alto Paraíso onde ficamos no camping da cachoeira Água Fria, e encontramos um dos maiores bicho-pau que já vimos. No dia seguinte fizemos uma rápida visita a Travessia Ecoturismo e conversamos com o Hare que estava lá. A caminho de São Jorge, e a entrada do parque, fizemos uma breve parada na Fazenda São Bento para descermos a tirolesa Vôo do Gavião de 850 metros de extensão. Obrigado ao pessoal da Travessia pela oportunidade!

Chegando à São Jorge, nos instalamos em um camping e tivemos que esperar mais um dia para visitar o parque, devido à mudança de cronograma por causa do feriado. Naquela mesma noite tivemos uma irritante invasão . . . mal conseguimos preparar o jantar, pois nossa cozinha foi simplesmente atacada por bichos! O desafio era manter o menor número de bichos dentro da panela, e consequentemente, fora da comida!

Com as queimadas que ocorreu esse ano, o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros também foi afetado e infelizmente, a trilha que leva aos Cânions estava fechada. Porém, percorremos tranquilamente a trilha até os Saltos com a companhia da nossa guia Dna. Maria.

Após apreciarmos as quedas do mirante, nos refrescamos na cachoeira de baixo, antes de enfrentarmos a subida de volta. Percebemos facilmente os resultados das queimadas, mas a vantagem do cerrado é sua força e facilidade em reviver, pois em pouco tempo o verde predomina a paisagem novamente.

Durante nossa passagem pela Chapada dos Veadeiros, visitamos também Raizama e o misterioso Vale da Lua. Esse lugar é mesmo intrigante, mas muito bacana de se conhecer, pois é algo único. Além da paz que o lugar transmite, ainda é possível nadar em suas várias piscinas naturais.

Na saída, paramos na Cachoeira dos Cristais, mais um lugar bem bacana com estrutura de camping legal e um serviço super atencioso. Na manhã seguinte pegamos a estrada até Brasília onde ficamos alguns dias.

1 comment to 14 de Outubro – Chapada dos Veadeiros

  • Benjamin

    Que lugar fantastico. Tambem estive lá em 2002, quando vejo as fotos sinto muita saudade.Caminhei por varias trilhas até as cachoeiras, as vezes tinha que carregar as crianças que eram pequenas na epoca.

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>