1 de Agosto – Balsa Belém-Macapá

Em nosso percurso rumo ao norte, seguimos para Belém onde encontramos com nossos amigos Coronelson e a Auxiliadora. Acabamos ficando alguns dias por lá, aproveitando o tempo para conhecer um pouco da cidade, especialmente a Estação das Docas que ficou muito bacana após sua restauração. Fomos também convidados para um encontro do Jeep Clube do Pará e para um jantar delicioso com outros amigos jipeiros. Todos foram super atenciosos e nos receberam muito bem. Gostaríamos de deixar nossos agradecimentos a todos. E um muito obrigado especial aos nossos anfitriões. Valeu Pessoal!

Queríamos conhecer o estado do Amapá e havia diversas formas de cruzar até Macapá, mas como queríamos ir junto com o Snoopy, não foi nada fácil. Após pesquisarmos bastante e receber sempre uma resposta negativa, quase desistimos, mas conversando com um cara no porto finalmente encontramos uma opção. Nossa embarcação foi uma simples plataforma, sem muita estrutura, onde ficamos junto com os caminhões e seus caminhoneiros. Foi uma experiência e tanto!

Dez da manhã e já estávamos no porto, de marmita e coca-cola na mão, esperando para embarcar e prontos para enfrentar os dois dias de travessia. O previsto era partirmos ao meio-dia, mas acabamos partindo apenas às seis da tarde. Ou seja, a aventura já começou ali mesmo, no porto, com um calor de 36 graus. Após algumas horas “estacionados” na balsa, finalmente partimos por volta das 19h00.

Como na balsa não tinha estrutura nenhuma para passageiros, todos dormem em seus veículos, e nós simplesmente montamos nossa barraca entre os caminhões. O maior desafio foi conseguir dormir. Fora o calor intenso fomos “colocados estrategicamente” entre dois caminhões frigoríficos que de tempos em tempos ligavam seus “suaves” motores. Quando não era um, era o outro que estava ligado! Acho que pelas fotos dá para perceber nossas caras de cansaço. Mas enfim, sobrevivemos “tranquilamente”!

O dia custa a passar quando se está na água, mas como para nós tudo aquilo era novidade, fomos conversando com todos e fazendo amizade, além de ouvir várias estórias do pessoal. A galera era super gente boa e por incrível que pareça haviam desde famílias com crianças até os homens sozinhos curtindo sua bebida. Ouvimos muitos “causos”!

A única sombra que encontrávamos era embaixo das carretas dos caminhões, e com muita sorte surgia uma brisa . . . mas no geral o calor insuportável persistia. Almoçamos junto com o pessoal no “refeitório” que ficava na empurradeira. Banheiro . . . melhor nem falar muito, mas tomamos algumas duchas de água fria para nos refrescar um pouco. Se bem que você saia do chuveiro pingando de suor, pois parecia uma sauna de tão pequeno e abafado que ficava lá dento. Enfim, essa balsa tornou-se nossa casa por dois dias, e para alguns daqueles caminhoneiros trata-se de um trabalho e percurso frequente. Achamos a experiência demais, mas não sei se agüentaríamos fazer isso diversas vezes.

Além da “vida na balsa”, conhecemos e aprendemos bastante sobre a “vida no rio”. Olhamos as simples casas ribeirinhas e cada vez que passava uma embarcação as crianças saíam remando ao seu encontro, sempre com a esperança de receber alguma coisa. Às vezes, as pessoas jogavam sacolas com comida ou roupa para elas. Na hora em que elas alcançavam a sacola, era só felicidade que irradiava dos seus rostos. É realmente outro mundo . . . mais uma lição aprendida! O outro extremo foi ver as balsas cargueiras passando ao nosso lado com mercadorias diferenciadas tais como gado e madeira. É o meio de transporte por aqui!

Isso foi apenas o começo de nossa experiência pelo Rio Amazonas . . .

8 comments to 1 de Agosto – Balsa Belém-Macapá

  • admin

    Muito obrigado pelas palavras!
    Boas aventuras e siga sempre seus sonhos . . .
    Beijos e abraços,
    Grace e Robert

  • Amaro

    Olá challenging! fiquei muito contente por ter respondido o meu email. Desde o dia em que ouvi voces na CBN, estou visitando o site de voces e cada dia me surpreendo ainda mais com as suas aventuras pelo mundo. Sou de minas gerais (vale do jequitinhonha) moro na fazenda “roça”, adoro viajar em rítmo de aventura. Parabenizo a voces pelo rítmo de vida que escolheram e deixo aqui meus agradecimentos e um incentivo a mais: continuem assim, sempre planejando a proxima viagem. Valeu challenging!!! abraços ao casal!

  • Affonso

    Olá, putz, achei muito legal a aventura de vocês. Essa foto da balsa foi tirada ainda no estado de Belém? A travessia ocorreu em qual rio.

    Sou um apaixonado por esportes radicais, mas confesso que só tenho me aventurado por terra e buscando esportes aéreos, nada pelos rios e recursos hídricos brasileiros.

    Enfim, uma boa aventura para vocês e até mais!

  • continue mandando fotos desse nosso brasil valeu seu espirito de aventuras
    muito bom para quem nao conhece. que so querem ir para o exterior. que o melhor esta aqui no nosso brasil.

  • Thomas

    E aí!! Os caminhoneiros gostaram de sua cozinha imbutida? E as cozinhas deles – pegaram algumas idéias?

  • Olá amigos, Rob e Grace, ainda bem que apesar do calor estão se “divertindo”! Olha, reparei na foto que o Snoopy está entrando na balsa, que a lanterna de freio do lado direito não está acendendo. Boa viagem, e nos encontramos qualquer hora.
    abraços de Marcos, Mari, Doug e Nati

  • Olá casal viajante!

    Estou acompanhando a viagem de vocês… que bom que está nos mostrando um
    pouco mais de nosso á[is. Sucesso e continue nos presenteando com as fotos e
    informações.

    beijos

    Miriam Faleiros

  • Luiz Edgar Tostes

    Caros,

    Acompanho suas viagens ao mesmo tempo que faço as minhas de motorhome. Ainda não fizemos o site. Precisamos.
    Sugestão: O site tem belas fotos mas é dificil e muito lento abri-las. Seria necessário encontrar um mecanismo de fácil abertura para que pudessemos compartilhar ainda mais as viagens interessantes que fazem.
    Um cordial abraço

    Luiz Tostes

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>