31 de Janeiro – Urubici e São Joaquim

Deixamos Floripa para trás, passamos pelo Parque Estadual da Serra do Tabuleiro e seguimos para Braço do Norte onde iniciamos a subida pela Serra do Corvo Branco. Logo nos encantamos com o visual e paramos para fotografar e filmar, aproveitando também para fazer um lanche.

Quando estávamos chegando à cidade de Urubici tivemos uma grande surpresa – encontramos uns amigos de Brusque e acabamos ficando uma noite com eles. Conhecemos o Vale e a Pedra da Águia com a ajuda do nosso guia Pedro. Fizemos um pouco da trilha até os Campos, mas como estava bem ruim, resolvemos dar meia volta e não arriscar. A paisagem é linda e a trilha acompanhando o rio com as araucárias em volta torna tudo ainda mais bonito. Muito obrigado por tudo Cátia, Pedro, Valentine e Aroldo. Adoramos o tempo, apesar de curto, que passamos juntos.

No dia seguinte fomos visitar o Morro da Igreja e a famosa Pedra Furada. Deu vontade de chegar até ela, mas acabamos optando por não fazer a caminhada desta vez . . . quem sabe em uma próxima visita. Passamos pela cachoeira Véu da Noiva e depois no pitoresco Chalé do Clé, com uma vista especial. À tarde encontramos com nosso amigo Sérgio do Graxaim Ecoturismo e Aventuras e fomos até o Morro Campestre, outro lugar muito bonito que gostamos bastante. Acampamos no Arroio do Engenho, um lugar super gostoso com piscina natural, criação de truta e uma cachoeira linda. Adoramos Urubici e com certeza é uma região que deve ser conhecida. Gostaríamos de agradecer o Sérgio pela sua ajuda e atenção. Valeu!

Na saída de Urubici visitamos a Cachoeira do Avencal com seus 100m de altura, imponente e bela. Depois seguimos para Bom Jardim da Serra fazendo a travessia por dentro do Parque Nacional São Joaquim. A trilha pelo parque foi demais, mas nos perdemos um pouquinho (depois de receber uma informação falsa) e ao fazermos a volta em um terreno acabamos atolando! Engatamos reduzida e bloqueio, mas não teve jeito, a roda dianteira direita e a traseira esquerda estavam rodando. O Hi-Lift entrou em ação e rapidamente estávamos fora do atoleiro, deu tudo certo. Seguimos pela trilha atravessando pontes, abrindo/fechando porteiras e fomos presenteados com um lindo pôr-do-sol. A paisagem com as lindas araucárias e o céu colorido formou um visual deslumbrante.

Passamos a noite em Bom Jardim da Serra e na manhã seguinte descemos a conhecida Serra do Rio do Rastro. Paramos diversas vezes para registrar a descida e também para ver os milhares de quatis que habitam pela região.

Laguna foi nossa próxima parada, onde ficamos alguns dias, antes de subirmos a serra novamente até o PN Aparados da Serra.

3 comments to 31 de Janeiro – Urubici e São Joaquim

  • admin

    Olá Francis,

    Obrigada pelo comentário. Realmente o lugar e região são lindos demais, sem dúvida vale uma visita!
    Você acompanhou o trajeto que fizemos durante nossa passagem, mas não somos “agência de viagem” então na verdade não temos “roteiros prontos” para lhe enviar.
    Mas recomendamos um amigo nosso que tem agência e conhece tudo da região – conheça a Graxaim EcoTurismo e Aventura (http://www.graxaim.com/).

    Beijos e Abraços,
    Grace e Robert

  • francis

    ola, que bonito o lugar!!!!! poderia me enviar um roteiro do lugar iniciando por são joaquim ou urupema ou bom jardim?

  • Rodrigo

    As fotos ficarão 10 em dezembro passado fizemos este percuso com uma Land 110
    so não encontramos essa manada de quatis,desejo otimas viagens por esse brasil afora
    na pascoa vamos fazer a transpantaneira com land 110 se for fazer na sequencia da viagem me diz como estão as estradas que nesta epoca costuma estar alagadas.

    Abs

    Rodrigo

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>